25 de ago de 2010

COMO VOCÊ VÊ?


Talvez, enxergar seja uma das funções ou um dos sentidos mais importantes para o Homem, pois, ao menos, pode saber onde está pisando e pra onde ir. Em nossa vida, é importante que pessoas nos ensinem a ver coisas, cores, o que é uma coisa e outra. Por isso, o trabalho dos "pais" é tão importante para os filhos. Os pais enxergam pelos filhos por um tempo, mas chega um momento que é necessário que os filhos comecem a ver por si só. Uma pessoa conformada a ver com os olhos de outro nunca vai enxergar. Assim, também, deve ser no corpo de Cristo já que, nEle, todos são sacerdotes. A responsabilidade sacerdotal ainda é a mesma: sacrificar, interceder, adorar, ensinar, ouvir a Deus e falar com Ele. Porém, hoje, todos os que estão em Cristo são sacerdotes, pois o Espírito está no corpo de Cristo (1 Pe 2:9; Ap 5:10; At 2:4; Romanos, capítulo 8) e não mais concentrado em uma só pessoa.

Sim, Você é sacerdote e deve cumprir com suas responsabilidades. Você vê e ouve alguém buscando a Deus, intercedendo, adorando e ouvindo a Deus em seu lugar e isto parece ser o certo, mas não é. Todo monopólio no corpo de Cristo é contrário aos princípios do Reino de Deus. Toda hierarquia no Corpo de Cristo é contrária aos princípios do Reino de Deus (Mt 20:25-28). Muitos tem visões diferentes e isto é bom, pois Deus faz isso. Mas, dentro desta visão, não podemos fazer dos nossos irmãos que, também são "ungidos", súditos da nossa visão. Eles podem servir ao Senhor caminhando ao nosso lado e não debaixo de nós, enquanto que a nossa responsabilidade é de ajudá-los, a saber, qual a função deles no Reino de Deus, prepará-los, investir no chamado deles e liberá-los para obedecer ao Senhor da vida deles, na esperança de que eles sejam mais frutíferos e abundantes do que nós, enquanto que eles se submetem por amor e por reconhecer a autoridade designada por Deus sobre nós. A rebeldia começa quando tentamos controlar e manipular a vida de outra pessoa e, também, não permitir que ouçam a Deus, a não ser através de nós. Os Nicolaítas faziam isso e, em Ap 2:6.15, Jesus diz que odeia isso. Nossa visão deve ser ajudá-los a descobrir a visão de Deus pra eles e não querer que vivam para a nossa visão.

Em Marcos 8:22-26, levaram um cego até Jesus e pediram que O tocasse. Ele pega este homem e leva pra fora daquele sistema religioso, cuspiu nos olhos dele e o tocou. Depois,  perguntou-lhe se ele podia ver. Mas, o homem não podia ver claramente, então, Jesus o tocou novamente e, a partir daí, podia ver como JESUS queria. Se Você é novo, então, precisa que lhe ajudem e ensinem a ver (discipulado). Este é o primeiro toque. Mas, Você precisa do segundo toque. Jesus quer tirá-lo da "aldeia", deixe de ser multidão, seja discípulo de Jesus e vá pro lugar secreto (Mt 6:6), vá provar o que ELE preparou pra você (1 Co 2:9-16 / Sl 25:14) e use isto para abrir os olhos de outros. Apóstolos e Profetas estão sendo liberados, apontando, não para pessoas, mas para os princípios e fundamentos do Reino, para a Pedra Exemplar (Ef 2:20), mostrando como devemos caminhar, acendendo a luz para que os valores imutáveis que foram deixados sejam encontrados (Lc 15:8).

"Nós não podemos parar de falar das coisas maravilhosas que vimos e ouvimos". Atos 4:20

"Vem e vê" (Jo 1:46).

O SENHOR É JUIZ.

Rogério Lima