31 de jul de 2007

QUE CRUZ É ESTA?

Leia lucas 23:39-43

Antes de compartilhar contigo também quero te lembrar que Deus é juiz e não eu. E em uma das coisas que escreverei eu me enquadro, o que me faz culpado também.


Gálatas 2:19-29 diz "Não sou eu mais quem vivo, mas é Jesus Cristo que vive em mim agora, pois eu estou crucificado com ele. E o estilo de vida que eu tenho hoje se respalda no estilo de vida de Jesus que morreu e ressuscitou por mim”.

Legal isto não é mesmo. No dialeto evangeliques diríamos "que benção, ou oh glória". Aprendi este versículo nos primeiros dias de conversão, e por muito tempo eu cantei, falei e já preguei sobre ele. Olha, eu não estou generalizando não ok, mas, vamos lá gente, vamos tirar esta máscara fedida, podre, diabólica de religiosidade que muitas vezes nós usamos e fazer a seguinte pergunta: com qual dos dois pecadores nos parecemos? Os dois eram culpados, mereciam estar lá. A bíblia dá apenas este detalhe dos feitos dos dois, que eram ladrões, mas talvez mataram pra roubar, com certeza mentiam, cobiçavam, falavam mal, eram insubmissos, eram adúlteros, manipuladores, mas um deles naquele momento indescritível de dor e vergonha se quebranta e reconhece quem ele era e quem Jesus era. Isto significa que ele pediu perdão, ainda que não esteja escrito, mas este era o coração dele e Jesus entendeu isto e prometeu recebê-lo naquele mesmo dia em seu reino. Ufa!!! Foram anos, meses, semanas, dias e horas jogados fora, mas naqueles minutos finais este homem entendeu algo que a igreja da sua época que também era inchada não conseguiu fazê-lo entender. Ele enxergou o amor e a misericórdia do lado dele e na mesma situação! Jesus é inexplicável mesmo (Fp 2:5-11). Se arrependeu, confessou merecer estar naquela situação dizendo, “mas este justo nada fez”. E em poucas palavras expressou tudo o que precisava pra ser salvo. “Lembra-te de mim. Estando ele na mesma situação (cruz) que Jesus, temeu a Deus e ali mesmo mudou de vida”.

Mas e o outro???? Ah, o outro também estava na cruz, mas continuou sendo ladrão, estava na cruz, mas continuou soberbo, continuou sendo o que era, infelizmente continuou. Hoje a igreja no Brasil tem crescido rapidamente, numericamente, tem ganhado espaço na mídia, respeito na alta sociedade, vejo também muitos líderes surgindo, mas poucos discípulos de Jesus. Eu me pergunto, será que realmente tiveram um encontro com Jesus, aquele encontro onde o indivíduo fica transtornado durante dias? Será que estamos apresentando a cruz pra eles???? Eu tenho visto tanta gente dizendo que se converteu, isto me leva a entender que estão afirmando: "EU ESTOU CRUCIFICADO". Pois não há conversão sem cruz, ou estou enganado? Eu sei também que ninguém aceita a Jesus hoje e amanhã está 100% santo, mas acontece que a cruz que estamos apresentando não tem feito nada na vida de muitos líderes quanto mais fará nos que se achegam à Igreja.

Deixa eu te lembrar de uma coisa: "Deus é juiz e eu não estou generalizando, ok?" Eu sei que tem aí pelo menos um por cento de lideres e ovelhas em que a cruz tem feito diferença. Mas vejamos; tem maridos e esposas que crêem que Deus é poderoso pra restaurar e renovar tudo menos o casamento deles, e então preferem o divórcio e daqui a pouco se casam de novo e chamam esta segunda união de casamento, mas na verdade, esta união tem outro nome que é adultério. O duro é quando encontram homens que Deus escolheu pra "cuidar do estado das ovelhas" (Pv 27:23) e estes além de as realizarem ainda dizem no final desta união: "o que Deus uniu, não separe o homem”.Mas Deus está dizendo: "EU NÃO OS UNI”. Que cruz estamos crucificados se não estamos honrando princípios de Deus? João Batista morreu por não deixar passar nem mesmo Herodes, e envergonhe-se agora com isto, "Herodes era ímpio, não tinha Deus, não O conhecia como nós". Se fosse hoje, como você acha que João ficaria com os da igreja???

Deus é juiz.

Que cruz é esta que muitos empresários estão crucificados? Pois eles continuam sonegando! E sonegar é crime!!! Que cruz é esta que os namorados estão, pois muitos deles tocam, cantam na igreja, são lideres de jovens, mas andam com camisinhas na bolsa ou na carteira pra evitar o quê? A aids, os filhos? Mas, e o pecado??? E quanto à pornografia que muitos “crentes” praticam no trabalho, em casa, e às vezes, no setor que trabalha dentro da igreja, (como eu já fiz)? E quanto aos filhos que não honram pai e mãe, aos empregados que não honram seus patrões, "aos que sempre estão endividados", aos liderados que não oram e amam seus lideres, não choram por eles como Davi chorou por Saul, aos lideres que manipulam seus liderados, aos políticos cristãos que vêem o macumbeiro receber um demônio lá na câmara dos deputados, mas nem unzinho dos que se dizem crentes trazem uma palavra profética lá dentro? Qual desses dois pecadores nós somos gente? Se estamos na cruz, estamos quebrantados ou continuamos a ser os mesmos. Estamos brincando com a misericórdia. Mas o juízo de Deus vem, e começa a partir de nós. Que o Pai envie seus apóstolos e profetas pra sacudirem nossas bases e estruturas, nos levando a caminhar seguindo as pisadas do Mestre, até na cruz transformadora de Jesus.

Deus é juiz.

Aos amados do Pai,
Rogério Lima.

Nenhum comentário: